sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Pintura epóxi...

Buenas!!!
Nada do que você faça mudará o fato ou tudo o que já ocorreu...
Não tinha nada a declarar novamente... Mas é incrível a vontade que nos move, nos motiva e nos faz viver mais alegres, contentes e comendo alpiste, amém!
Uma lata de tinta pode nos atordoar por horas... Descobri a duras penas, quando estava pintando uma parte de um equipamento no meu novo trabalho (que está muito bom por sinal...) e reparei que algo movia-se no teto, mas não era gente...
Fato que me deixou mais bolado do que the cities in dust! (meu último contato), foi o elefante albino que corria pelo teto, de cabeça para baixo...
Incrivelmente ele não apereceu na foto que bati com meu celular... acho que deve ser o efeito de meu anti-psicótico combinado com o tinnerrrr e as estrelinhas que saltitavam em meio aos cogumelos do caminho...
Nada que devamos dar muita importância...

Carlão!!!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Futilidade Extreme...

Buenas!!!

A pregunta de minha juventude que não quer calar:

Será que as facas Ginsu conseguem cortar as meias Vivarina?



X


Quem não se perguntou isto ao ver a propaganda das facas Ginsu, que cortavam até mesmo pensamentos ruíns? E as meias Vivarina? Simplesmente INDESTRUTÍVEIS (mas você comprava uma e ganhava umas quatro a mais)...



É, os tempos mudaram... ninguém mais cai no conto destes produtos... ou pelo menos não deveria...


Bem, agora eu iria escrever mais um texto chato criticando a sociedade consumista... mas como não rolou a inspiração para escrever, e estou precisando urgentemente de um Juicer, vou postar algo que saiu com uma das sugestões da enquete que nós fizemos, (e que recebeu nada menos do que 5 votos!!!) uma dica, no caso, uma receita...

Bem, e vocês achavam mesmo que eu iria postar uma receita aqui no blog agora? Na verdade eu tinha colocado o texto da receita, mas achamos melhor retirar e deixar para outra oportunidade...

Agora que o Carnaval achou seu fim, o ano está preparando-se para começar... mas só depois do enterro dos ossos...

Estamos aguardando...

Carlão!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

CHEGA DE CARNAVAL!!!!

Olha, eu já não gosto muito de carnaval e pra ajudar esse ano marcaram a entrega do Oscar bem nessa época. Claro que isso resultou em um total esquecimento da premiação que ocorreu ontem. Mas nós do JÁ VI MELHORES, sempre nos preocupando em trazer informações pra vocês vamos corrigir esse lapso e informar os vencedores.

A seguir a lista dos premiados na noite de ontem:


Melhor Atriz Coadjuvante: Penélope Cruz (Vicky Cristina Barcelona)

Melhor Roteiro Original: Milk - A Voz da Liberdade

Melhor Roteiro Adaptado: Quem Quer Ser Um Milionário?

Melhor Animação: Wall-E

Melhor Curta-Metragem (Animação): La Maison en Petits Cubes, de Kunio Kato

Melhor Direção de Arte: O Curioso Caso de Benjamin Button

Melhor Figurino: A Duquesa

Melhor Maquiagem: O Curioso Caso de Benjamin Button

Melhor Fotografia: Quem Quer Ser Um Milionário?

Melhor Curta-Metragem (Drama): Spielzeugland (Toyland), de Jochen Alexander Freydank


Melhor Ator Coadjuvante: Heath Ledger (Batman – O Cavaleiro das Trevas)

Melhor Documentário: O Equilibrista

Melhor Curta-Metragem (Documentário): Smile Pinki

Melhor Efeitos Visuais: O Curioso Caso de Benjamin Button

Melhor Som: Batman – O Cavaleiro das Trevas

Melhor Efeitos Sonoros: Quem Quer Ser Um Milionário?

Melhor Montagem: Quem Quer Ser Um Milionário?

Melhor Trilha Sonora: Quem Quer Ser Um Milionário?

Melhor Música: Jai Ho, de Quem Quer Ser Um Milionário?

Melhor Filme Estrangeiro: Departures (Japão)

Melhor Diretor: Danny Boyle (Quem Quer Ser Um Milionário?)

Melhor Atriz: Kate Winslet (O Leitor)

Melhor Ator: Sean Penn (Milk – A Voz da Igualdade)

Melhor Filme: Quem Quer Se Um Milionário


COMENTÁRIOS:

Olha, não assisti ainda ao grande vencedor, Quem Quer Ser Um Milionário?, mas só o fato da premiação não ter sido dominada por nenhum blockbuster já é uma notícia boa. Não dá pra aguentar coisas tipo Titanic ganhando mais de 10 prêmios.

Não pode passar em branco também o Oscar de ator coadjuvante para o Heath Ledger. Totalmente merecido. Ele simplesmente roubou a cena, tanto que a memória que eu tenho desse filme é do coringa. O Baman poderia estar vestido de passista do Salgueiro que eu nem notaria.


Outro ponto alto foi o tardio reconhecimento ao Jerry Lewis. O ator recebeu o prêmio Jean Hersholt Humanitarian Award, anunciado por Eddie Murphy. Aos 82 anos, subiu ao palco, cumprimentou Murphy e falou: “Maior parte da minha vida, achava que fazer o bem não significava que eu fosse receber elogios. Pelo menos, até agora. Este prêmio toca o meu coração por conta de sua origem. Me sinto muito humilde. Agradeço à Academia e ao grupo do cinema”.
Apesar de ter ficado com um gostinho de prêmio de consolação (afinal nunca foi reconhecido como ator), é feita justiça com um dos ícones das comédias e um ser humano admirável.
That's all folks.
Pacheco






segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Crop Circles?

Buenas!!!

Estive pensando no que postar e não me ocorreu nada...

Então vou abrir mais uma exceção e postar um caso controvertido... Os Crop Circles... Que estão lá em cima, no painel...


"No Reino Unido os agricultores lembram círculos simples que aparecem nas suas terras à gerações. A comunicação social fez a primeira reportagem sobre os círculos no inicio dos anos 80. Em meados dos anos 90 os círculos em plantações explodiram na mente humana, à medida que o novo fenómeno mudava de simples padrões circulares para enormes e complexas formas geométricas.
Os círculos em plantações são um fenómeno conhecido por todo o mundo e a cada ano surgem relatos de um número crescente de países. No entanto, a maior concentração de acontecimentos encontra-se no sul de Inglaterra, muitos deles perto de locais históricos como Stonehenge, Avebury e Silbury Hill (a maior fortaleza construída pelo homem na Europa)


Apesar de existirem várias teorias para a sua criação, nenhuma foi capaz de explicar satisfatoriamente a forma exata de como os círculos são feitos. Contudo, algumas das maiores evidencias surgem na forma de vídeos que mostram pequenas esferas brancas e brilhantes dentro e em volta dos círculos nas plantações. Muitas destas luzes foram filmadas em pleno dia e os objectos parecem mexer-se com objectivo e inteligência. Será que existe uma relação entre estas esferas de luz e a formação dos círculos nas plantações?


Foram levados a cabo estudos científicos em amostras de plantas retiradas dos círculos nas plantações. O trabalho feito pelo biofísico Dr. William Levengood, dos Estados Unidos, parece sugerir que uma espécie de efeito de energia microondas está envolvido no processo de realização dos círculos.
Está cada vez mais a ser exigido aos investigadores de círculos em plantações para utilizarem o pensamento criativo e inovador como parte do seu processo de investigação. Já existe investigação de campo que utiliza a meditação, luzes e sons musicais, com o objectivo de comunicar novos padrões para os campos, tendo em conta que o fenómeno dos círculos parece interagir com a mente humana.


Seja qual for a razão dos círculos em plantações, eles , moveram, inspiraram e deixaram perplexas milhares de pessoas de todo o mundo. Para todos os envolvido alterou as suas vidas para sempre, com a crescente realização de que vivemos mundo infinitamente mais complexo e misterioso daquilo que alguma vez imaginamos."

Matéria retirada do site http://www.cropcircleconnector.com/anasazi/introduction2001po.html

Contudo, o mito de que estes circulos são obras de alienígenas perde força, sempre que são pegos grupos de pessoas produzindo-os durante a noite, como já ocorreu na Inglaterra e em outros países...
Até mais!!!!

Carlão!!!

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Piadas explicadas... ou não...

A cincia não discute o fato, mas descobrimos tempo atrás^, e quase sem querer, a origem da expressão popular fazendo cu doce, muito utilizada em vários rincões do país, para expressar o charminho feito por alguém que não quer deixar de fazer algo, mas está com vergonha do possível fiasco...

Mas ela também é utilizada em outras aplicações do português vulgar e cretino, como o nosso...

Praticar este ato é coisa muito comum, e quem nunca o fez, um dia possivelmente o fará, como diria Falcão...

Saltamos com uma evolução desta frase, que é um tanto desagradável, visto que somos pessoas (que fingem muito bem ser) educadas, não havendo assim espaço em nosso vocabulário para expressões e palavras tão agressivas...

O costume do povo aqui do blog é expressar que a pessoa está se fazendo de salmonella. O que soa muito melhor e demonstra nossa (precária) erudição...

As explicações (talvez) válidas:

A Salmonella é um gênero de Bactéria, pertencente à família Enterobacteriaceae, sendo conhecida há mais de um século. Tem em seu nome uma referência ao cientista estadunidense chamado Daniel Elmer Salmon, que associou a doença à bactéria pela primeira vez... (fonte: Wikipédia)

Ah! Sei, Salmonella... Você também tomou um chops no churras com ela, não?

O fato interessante, e que linka a nossa amiguinha da onça (e da aceleração do trânsito intestinal) ao desenho da pintura da nossa grande expressão, é um fato bem peculiar e que pode contar com o testemunho de quem já passou pelo constrangimento de uma intoxicação pela bichinha:

Uma forma de identificar a maionese (ou outros alimentos) contaminada está no seu paladar, pois a Salmonella deixa o ambiente onde se encontra um tanto adocicado, devido ao fato de suas secreções serem um tanto quanto doces ou, de fato, açucar...

Não entendeu não?! Ela, de certa forma, defeca açucar. Agora, o desenho completo, nos remete a recordar que o cu doce em questão, remonta a figura da pequena e, literalmente, indigesta bactéria. Um ser que defeca açucar, provavelmente possui o dito cu doce...

Sacou a comparação?! Ou vai ficar te fazendo de Salmonella?


Agora vou lavar minha boca com sabão...

Carlão!

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Para não dizer que não falei de flores...

Buenas!!!

"Os seres humanos diferenciam-se dos demais mamíferos pelo telencéfalo altamente desenvolvido, o polegar opositor e por ser livre." (e não esqueçam nunca de sua infinita capacidade de fazer "merda"...)

Estive participando de algumas palestras sobre educação ambiental durante o ano passado. O tema era consumo consciente, onde apresentamos alguns dados e dicas de como economizar um pouco o nosso planeta para as gerações futuras (e para sobrar uma graninha extra no final do mês). Não fiquei famoso por isto, mas valeu por ver a cara da gurizadinha nas duas escolas em que apresentei junto de colegas de emprego dá época e o reencontro com alguns de meus antigos professores...

Uma dica que passei na palestra de encerramento, foi algo de minha infância e pré-adolescência, algo que naquele tempo eu não havia conseguido compreender completamente, mas que havia me deixado, de certa forma, perturbado...

Acho que todos que estavam na escola durante a década de oitenta e parte da de noventa asistiram a um documentário gaúcho de Jorge Furtado, chamado Ilha das Flores.

Não vou me estender no assunto, pois estão aí os links para o vídeo no YouTube. Percam 15 minutos e tornem-se um pouco mais humanos (ou não) assistindo a este documentário de lição de moral... Mas ainda dá tempo de voltar para a sala e pegar um futebol na TV...


A frase não se esqueçam de sua infinita capacidade de fazer merda é um complemento que utilizo para a citação inicial do filme e está na lista das máximas que esqueci de postar no outro dia...

Não apresentem este filme para EMOs ou pessoas com o coração em frangalhos... Sugiro que pegue um amigo "boy" ou uma amiguxa "paty" e deixem assistir a este deleite...

Carlão!

Consumista, eu?! Imagina...


No Brasil nem tudo está perdido, muita coisa ainda há pra se perder... [noso filósofo, Falcão]

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

A ARTE DE FALAR E NÃO DIZER NADA

Buenas!!!

O Marcelo está lembrando que já faz uma semana que não posta nada... Mas mesmo assim continuou sentado e não veio a té o pc...

Eu tentei durante alguns dias postar algo inteligente, como não consegui, vou desistir e passar a palavra para ele...

Carlão!!!


Bem, agora é comigo... O Carlão provocou e deixou a palavra, então estou na obrigação de escrever algo.

Claro que não tinha nada preparado, mas isso não irá me atrapalhar, pois a improvisação serve pra esses casos e entre caipirinhas e ao som do Charles no violão vou indo.

Alguns poderão dizer:

"Mas ele não ta dizendo nada!!"

Aguardeis, pois. Esse é apenas o início. Pode até parecer que estou enrolando, mas seria injusto pensar isso. Em momento algum cogitei esse ardil baixo e antiético (se essa palvra precisava de hífen ou não, me escapa agora. Culpa da reforma ortográfica).

Pois bem, dois problemas surgem:

1. Ainda não falei de nada.
Isso não vem a ser exatamente um problema, pois caso não tenham percebido, favor reler o título.


2. O texto ainda está muito curto.

SOLUÇÂO: Essa frase a mais que não quer dizer absolutamente nada.


Pronto, já posso me absolver da culpa de não ter postado por tanto tempo.


Marcelo Pacheco






"Calado até um idiota se passa por inteligente."
(Falcão, o pensador-mor)

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Os Jabas!!!!

Buenas!!!


Hoje é a noite do Jaba!!!

Vamos postar alguns blogs legais que vocês podem visitar, pois nós conseguimos encontrar vida inteligente fora do nosso blog (apesar de nele ainda não termos contemplado tal fenômeno, tirando os visitantes)... Em ordem alfabética para não dar briga...

Confraria dos Amigos Tri



A nossa amiga Carla , juntamente da Michele, nos falaram sobre uma comunidade muito tri do Orkut, a Confraria dos Amigos Tri, que possui uma turma muito animada e estão sempre organizando eventos diversos!!!

O pessoal de lá não faz amizade virtual apenas, mas definitivamente partem para os encontros com o intúito de fazer amigos ao vivo e em cores, participando ativamente dos encontros...

Visitem-nos no endereço confrariatri.blogspot.com para conhecer o blog

e no endereço http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=61575333 para ver a comu no Orkut!!!!

Croissant de Emoções


Blog mantido por nossa querida amiga Andreia Rabaiolli, que expõe suas crônicas e Pitônicas ao mundo... Numa linguagem franca e com texto inteligentes, a loirinha está com tudo no seu blog!!!

Como ela mesma diz, o blog é a casa de suas palavras! Um território livre de encucações, onde ela expõe suas idéias, teorias e outros bichos!!!

Um trecho do texto "Ignorância Saudável"

"Entre as teorias modernas da psicanálise, deparei-me com aquela chamada Teoria do Falso Self, em que a pessoa cria uma casca e age com essa casca para esconder seu verdadeiro eu. Isso, segundo Winnicot, ocorre em bebês quando a mãe não é suficientemente boa. A mãe tem que deixar o bebê se sentir onipotente, um Deus, na fase inicial da vida. É a dita ignorância saudável. Precisamos dessa ignorância para nos transformarmos em pessoas melhores. A gente sempre rejeita o rótulo de ignorante, achamos bobo, de preciativo até. Quiçá quanto salutar seria nao saber! Seria até uma defesa. Por que o que podemos fazer ao conhecer e tomar ciência de tudo, talvez nossa reação pelo conhecimento possa desencadear uma ação pior do que nos mantivéssemos nao-informados. Devido a nossa necessidade de proteção, podemos reagir de forma insalubre com o que tomamos ciência."

Vão conferir o resto no endereço http://pitonicas.blogspot.com/ vocês não irão se arrepender!!!

Uma Foca em Galápagos



Já a Foquinha, amiga do Paxeco, montou um blog com uma riqueza sem igual, com seus maravilhosos textos!!!

Segue um trecho do texto "A Lã e o Leite"

"Nunca digas que és filósofo - e coíbe-te o mais possível de falar por máximas à pessoas vulgares. Pratica antes o que prescrevem as máximas. Por exemplo: não digas num festim como se deve comer, mas antes "come como se deve comer". Que te lembres, em boa hora, como agia Sócrates: sempre fugindo da ostentação, acontecia que, quando pessoas o procuravam para serem "conhecidas de filósofos", ele próprio tecia o elogio dos recém-chegados, e aos filósofos os apresentava, tal era o seu desejo de que não dessem por ele."
Visitem-na no endereço http://afoquinha.blogspot.com/

Pronto! Agora dei pelo menos três dicas de blogs bons para serem visitados!!! Podem sair daqui se quiserem!!!! Mas voltem sempre!!!

Boa noite!!!!

Carlão!


terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Hellsing!!!

Buenas!!!

Carnificina, depravações e uma banana para os bons costumes...

Quando algum idiota das trevas resolve botar as manguinhas (e os caninos) de fora, fazendo a situação sair do controle das autoriddes locais, entra em ação a agência dos Caveleiros Reais Protestantes, Hellsing, representada pelo seu "Lixeiro" Alucard, também conhecido como Nosferatu, Drácula, ...


Hellsing é um mangá (quadrinho Japonês) que faz sucesso no Mundo inteiro, por fazer exatamente o que descrevi no parágrafo anterior... É uma história recheada de ação, suspense e humor, em ritimo alucinante e não atenta muito para padrões de bons costumes...

A história...

A Agência Hellsing, que mantém suas ações restritas à algumas regiões do império britânico, se vê forçada a contra-atacar um inimigo desconhecido, além de seus agentes (Alucard e Seras) esbarrarem constantemente com a seção 13 do vaticano (os Iscariotes), representada pelo obstinado padre Alexander Anderson (vulgo Anderson Baioneta...), um regenerador de uma figa...


O autor...

Kohta Hirano, famoso mangaka hentai (porno em quadrinhos) assina este trabalho que é considerado, pelos fãs do gênero, uma das melhores histórias de vampiros já produzidas...

Mangás...

Os mangás começaram a ganhar seu espaço no coração dos brasileiros (incluindo este que aqui vos tecla) há menos de uma década, por mostrar histórias com uma temática e arte diferenciados dos já batidos, mas não menos interessantes, quadrinhos americanos, que dominavam o mercado (DC & Mavel Comics).

A difereça começa pelo fato de que histórias de mangá, por mais longas que possam parecer, sempre possuem um final, ainda o estilo de desenho é diferenciado pelo desenho dos olhos um pouco maiores (é pelo complexo dos olhos puxados, todos sabemos, mas a defesa alega que os olhos maiores servem para passar melhor as expressões dos bonequinhos, nem discutam isto com otakus mais nervosos...) e passa até pelos desenhos, que normalmente são em preto no branco...

Ainda somamos o fato de que quando os quadrinhos americanos estavam com um preço bem salgado por aqui, os mangás vieram para sacudir o mercado e ainda possuiam custo mais baixo... Ponto para as editoras de mangás do Brasil!!!

Mais Hellsing...

Voltando ao assunto principal, Hellsing está sendo lançado no Brasil pela editora JBC, por um valor de R$6,90 por edição... Mas se vc não quiser arriscar, existem alguns sites que oferecem downloads deste material para vc dar uma espiada antes de passar na banca... Mas não apoio isto, não pratico e não conheço nenhum endereço dos 526 sites que fazem isto aqui no brasil... chamem meu advogado...

Hellsing também possui uma versão em animê, com 13 episódios e mais um OVA (Original Video Animation ou filme mesmo...), que também pode ser derrubada da rede (mas eu não disse isto)...

Se vocês atentarem ao nosso painel, verão que Alucard está lá, com seu trabuco de matar seres das trevas na mão!!!


Mais uma imagem explicada!!!

Agora chega por hoje!!!

Carlão!!!


domingo, 15 de fevereiro de 2009

Nada a declarar 2...

Se você acha que a internet facilita sua vida é porque você ainda não conheceu o Juicer da Walita... Nosso amigo Márcio sempre diz, com uma voz bem abestalhada: "...minha vida não é completa sem um Juicer..."

O Pacheco ainda se rende ao poder do Miojo...

O Ezequiel já descobriu o do e-mule...

Eu, bem, digamos que sou outro vendido...

Eu defendo a tese de que hoje, a maior parte da música produzida e embalada no Brasil é unicamente fabricada com fins altamente lucrativos e ainda auxiliam na lavagem cerebral geral da pátria amada idolatrada, salve, salve... Qualquer coisa que caia longe do pé de frases retiradas do livro dos EMOs, das fanfarras ou do estupidamente revoltante sertanojo (vide: dor de corno, no aurélio), não consegue ou pena muito mais para atingir o sucesso...

Isto, lembrando as primeiras postagens deste blog, faz parte de minhas teorias pessoais, revolucionárias e intransferíveis, e por este motivo não deve ser levada tão a sério, em se tratando do que eu penso que penso...

Me lembro tabém de alguma aula de história, sobre impérios decadentes da antiguidade. Lá pelo tempo de Cristo ou pouco depois, um grande império mundial instituía a sua arrojada política de Panis et Circenses, conhecida no tupiniquim como Pão e Circo... Ah! lembrou também!!!

Agora dê um passo para trás e observe o cenário Mundial... Alguma semelhança que eu deva perder a tinta de minhas teclas digitando? Muitas... sei, eu também já notei... não digo mais nada, por medo de cair nas mãos do Dops...


Agora está um pouco mais moderno... não temos só os orelhas se matando no coliseu, mas temos futebol, carnaval, telenovelas, rabos dançando funk, ... e lembre-se que "lá em casa, tem franguinho na panela"...

Ops, me espichei demais... vou voltar pra cama... e pros meus livros de culinária... após tomar meu anti-psicótico...

Até breve!

Carlão!

sábado, 14 de fevereiro de 2009

BRAD PITT E ANGELINA JOLIE PELADÕES!!!

Bem, agora que já consegui chamar a atenção de homens e mulheres (crianças inclusive), vamos ao tópico de hoje. Aqui no JÁ VI MELHORES nos esforçamos para trazer sempre o melhor para vocês, prezados leitores, então me senti na obrigação de compartilhar esse texto que escrevi já há algum tempo.

“Por que na obrigação?” Perguntariam alguns de vocês. Bem, na verdade isso foi só uma desculpa esfarrapada pra postar esse texto, pois tenho exagerado no Ctrl+C / Ctrl+V. Mas relaxem, ele é curtinho...


PELA CULATRA

Era uma tarde fria e escura de inverno e o trem deslizava rápido entre os trilhos. Ao meu lado, um homem de terno e gravata me parecia suspeito, não sei dizer se pelo fato de ser oriental, possuir uma cicatriz de quatro polegadas no rosto ou por carregar uma pasta apertada contra o peito, dessas que os bandidos hollywoodianos usam pra transportar bombas e explosivos.

Ninguém parecia ter se apercebido do risco que corríamos, mas para mim estava bem clara a situação e ela não era nada boa. Aquele crápula não devia estar para brincadeiras. Além do mais, se esse kamikase queria – o que era óbvio – explodir aquele trem, ele o faria sobre a ponte que alcançaríamos dentro de uns dez minutos, pois para esses lunáticos, desgraça pouca é bobagem.

Ele parecia estar tranqüilo, o que não abalava as minhas conclusões de forma alguma, pois eu sabia que somente um psicopata da pior espécie consegueria manter a serenidade num momento como esse e esse japa só faltava estar usando uma camiseta com os dizeres “Fã Clube de Charles Mason”. Só que ele deu azar, pois foi escolher justamente a poltrona ao meu lado, ou seja, do grande, inenarrável, inigualável, incontestável Dênis Brondi. O agente mais preparado para esse tipo de situação dessas cercanias do universo.

A minha vasta experiência nacional e internacional davam uma amostra da minha capacidade: já trabalhei como segurança de Chico Mendes e de Rubens Paiva. Na minha temporada pelas terras do Tio San, fui investigador chefe do caso Watergate e guarda-costas de John Lennon. Além disso, fui engenheiro de segurança da usina de Chernobyl e nas horas vagas, professor de dicção do Maguila.

Entre minhas principais habilidades estão as artes marciais e o manejo de todo o tipo de armas. Sou perito em arte, mitologia, parapsicologia e psicanálise. Falo quinze idiomas, oito dialetos, três línguas mortas e uma já agonizando (não, não é o português dos funkeiros cariocas). Além disso tenho memória fotográfica, conhecimentos profundos em ocultismo e consigo quebrar um ovo sem furar a gema.

Mas voltemos ao japa. Ele começou a ficar muito impaciente. Algo parecia estar irritando-o muito, então para poder prestar mais atenção eu parei de treinar minhas lições básicas de violino, só que ele deve ter percebido a minha intenção, pois foi só eu guardar meu Stradivarius e ele fingiu alívio. Sabendo que o momento era delicado, grudei os olhos nele; mas logo resolvi m afastar um pouco, pois dessa forma não estava enxergando nada, além de estar pegando mal pra caramba.

Foi aí que tudo aconteceu. Ele abriu a sua pasta, pegou algo de dentro dela e virou-se pra mim. Só que eu fui mais rápido e antes que ele pudesse fazer qualquer coisa, quebrei-lhe o nariz com um soco e dei-lhe três tiros no peito. Suas últimas palavras antes de morrer foram:

– Quer comprar Herbalife?

No meu julgamento foi alegada insanidade e hoje estou aqui, neste manicômio, o que é melhor que estar em um presídio. Graças à minha perspicácia, o júri acreditou no absurdo argumento de que sou louco. Mas agora se me derem licença, preciso me trancar no forno pra secar os cabelos, assim que conseguir espantar os cavalos que fizeram ninho no meu telhado.



COISA DE GÊNIO


Pra quem não sabe, eu sou um grande fã de Calvin, personagem criado por Bill Watterson. Pois, vasculhando na rede, encontrei essa genial ilustração abaixo:




Para quem não entendeu a piada, explico: essa imagem é uma reprodução de outra mais conhecida:






Se ainda não está claro o suficiente, lembre-se que o nome do personagem Calvin é uma homenagem ao teólogo John Calvin (1509-1564), ou João Calvino, no bom e velho português. Já Haroldo (Hobbes no original) teve seu nome inspirado no filósofo Thomas Hobbes (1588 – 1679). Agora ficou fácil de adivinhar que as figuras retratadas na primeira imagem são os homenageados pelo criador das tirinhas.

Capisce?


Abraços a todos.

Marcelo Pacheco

“Esta provado por A+B que A+B não prova nada.”
[Falcão, é claro...]

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Nada a declarar...

"Um radical é um homem com os dois pés plantados firmemente no ar!" Foi o que escreveu em minha agenda, no ano de 1998, uma grande amiga! Ainda não entendi bem... mas nunca esqueci do conselho!!!

Bem, eu tentei durante anos fazer minha coleção de frases inteligentes... porém, alguma coisa acontece, pois nunca sei quando escrevo realmente algo inteligente...

Outra amiga me deixou um recado no orkut, após minhas reflexões de final de ano, agora em 2009... elogiando a minha, até então desconhecida, capacidade de me auto-explorar...

Uma terceira, e não menos importante, achou que fui muito corajoso em me expôr na mídia eletrônica (Yorgute), mas uma quarta me advertiu para ter cuidado... Isso me lembrou o Raul, em Conserve seu medo, "...mas tenha cuidado... muito cuidado..."

Nada muito diferente do que alguém fazendo um apelo para pedir sua atenção, é o que realmente estamos fazendo o tempo todo... ou vc também acha que estamos escrevendo neste blog, porque queremos dividir com o Mundo nossos apurados gostos musicais, literários e filosóficos, tornando este planetinha um lugar melhor para se viver? Acha mesmo? Mas está enganado...

Segundo uma das máximas de nosso filósofo Falcão, "...por outro lado, eu fiz um estudo, e sei que é melhor falar besteira do que ser mudo"... Continuamos também na saga do "lhe chamar a atenção" aqui no blog, para não tentarmos satisfazer os nossos egos apenas roubando e vencendo uns aos outros num jogo de cartas...

Atire a primeira pedra quem nunca pensou em cortar os pulsos com uma bolacha Maria... Mas fazer uma postagem tentando sair do mar de auto-piedade é um porre daqueles...

Bem, vou largar agora algumas de minhas máximas (frases supostamente inteligentes), colecionadas durante os meus anos de boemia e de flertes constantes nos domínios de "Desespero"...

"Eu vou cantar uma canção de amor, vou ficar rico por falar mentiras."

"O meu sucesso é cantar uma canção de amor, o meu fracasso é tentar ser bom." (do mesmo texto da anterior)

"Erguei as mãos e doai a nós os filhos do Senhor." (...)

"Se você espera que eu seja perfeito, acho melhor trazer um banquinho ou dirigir-se ao próximo guichê."

"... o problema é que o homem é um macaco idiota brincando com uma granada..." (da reflexão de final de ano)

Pronto, já estão todas as que me lembro aqui...

Mas ajudou, de certa forma, ficar beirando a meia-noite, para tentar postar algo de inteligente no blog e constatar, após utilizar meu dom recém descoberto, que falhei vergonhosamente...

Boa noite!

Carlão!!!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Putz, nóis erremos...

Erros em filmes não é coisa de hoje, alguns filmes abusam o direito de errar. Claro que nem to me referindo a coisas básicas, tipo explosões impossíveis, fugas inexplicáveis e coisas do tipo. O legal é quando aparece um microfone em cena, um avião num filme que se passaria a mil anos atrás e até relógios na pré-história.

Pensando nisso resolvi pesquisar e dar alguns exemplos pra vocês que nos aturam aqui.

OS 5 FILMES COM MAIS ERROS NO CINEMA

JURASSIC PARK, O PARQUE DOS DINOSSAUROS (274)
* O começo é em San Jose, Costa Rica. Pelas árvores, você pode ver o oceano. San Jose está muito longe do Oceano Pacífico. Até mesmo o livro comete este erro.
* Um pouco antes do T-Rex atacar a todos, há uma tomada de Malcom e Grant que falam, com os faróis do outro S.U.V. brilhando na janela traseira. Como isto é possível se eles estão no segundo veículo?

TITANIC (242)

* Jack diz ter visitado o Pier de Santa Monica... mas a construção deste só começou em 1916.
* Em uma cena onde Rose está tirando as pinturas dos engradados, ela tira um dos grandes trabalhos de Pablo Picasso chamado "Les Demoiselles d' Avingnon". Isso está atualmente em uma galeria, assim não pode ter afundado com o navio.
* Como os desenhos de Jack feitos com carvão vegetal de Rose resistiram todos esses anos? Ele não borrifou nenhum selante neles.
* Na perseguição de Rose, o noivo usa uma semi-automática, mas na realidade esta arma só surgiu na segunda guerra mundial.


HOMEM ARANHA (200)
*Quando o Peter atira a teia no abajur do quarto e puxa isto pelo quarto, ele o quebra, mas quando sua Tia fala com ele pela porta, o abajur está de volta na cômoda inteiro.
* Por que o Duende Verde não tirou a máscara do Homem Aranha quando ele bateu nele com o gás de dormir? Todo mundo queria saber quem ele era, menos o Duende Verde ?
* Onde Peter esconde suas botas ? A roupa ele deixa embaixo da outra, mas e as botas ?

MATRIX (200)
* Depois da cena do tiroteio no saguão do prédio dos agentes, Neo e Trinity entram no elevador e os pilares são mostrados caindo aos pedaços. Porém quando a porta explode, os pilares estão intactos, como se nada tivesse acontecido ali.
* Uma idéia ruim no filme foi usar óculos de sol, que reflete imagens. Observe os agentes, Neo, Trinity, e você vai conseguir ver as câmeras.
* Se eles precisam reconstruir seus músculos, e seus olhos doem porque ele nunca usou, porque então na cena anterior onde ele cai pelo cano, ele enxerga tão bem, e seus músculos são tão bons que ele até luta com o robô? Até nadar ele sabe.

KING KONG - 2005 (195)
* Pelo tamanho de Kong não deveria sobrar esqueleto de pessoas humanas no seu cativeiro, muito menos inteiros como é mostrado quando Ann é levada para lá por ele.
* De que material é feito a camisola da Ann Darrow? Não rasga nunca. E olha que ela foi jogada de um lado para o outro, caiu de um penhasco e ficou emaranhada em cipós, rastejou pelo chão cheio de cascalhos, lutou presa pela mão do Kong contra 3 Tiranossauros Rex. Deve ser feito de fibras de adamantium.
* Quando eles caem no abismo dos insetos, porque será que os bichos esperam pacientemente que eles acordem para atacá-los?


FONTE: http://www.falhanossa.com/

MUSICA DE HOJE

Por hoje, apresento TOY DOLLS, uma das minhas bandas favoritas. Esses punks ingleses são extremamente divertidos, viciantes e o guitarrista é ótimo.

Com vocês, Olga e Cia:

Nellie, the elephant

Dueling Banjos

Living La Vida Loca

É isso aí, enjoy it!

MARCELO

"E pelas marcas de pneu em suas costas, eu vejo que você também andou se divertindo".
(Falcão)

sábado, 7 de fevereiro de 2009

O Fim da semana Ctrl+C, Ctrl+V...

Um OVNI na tempestade...
Buenas!

Passamos uma semana pentelhando com colagens e dicas de sites, entre outros bichos que gostamos... Não que vocês não tenham gostado (e nós também). Mas já estávamos nos olhando feio por causa diso...

Lembrei também, que todos se apresentaram e eu saí solando no blog e não disse quem eu era... A esta altura todos já notaram minha instabilidade mental, emocional e criativa... Pronto, já me discrevi!

Gostaria de, em nome do grupo, agradecer os mais de 1000 acessos a este endereço! Muito obrigado pelo apoio de todos os nossos amigos que (ainda) acreditam em nossa criatividade para escrever bobagens... Saibam que a Já Vi Melhores está no proporcionando bons momentos (rindo sozinhos, de nós mesmos, em frente ao pc) e esperamos que à vocês também...

Mudando de mala para saco...

Como é a vida... O Paxeco foi o primeiro a falar "sério" aqui... Isto me instigou a postar um texto com um pequeno "conselho" sobre coisas que me deixaram meio down nos últimos meses...

Escute, sempre que possível, seus amigos e faça um esforço para notar como eles estão. Você pode até não se importar realmente, tampouco perder seu sono caso um deles tenha algum problema. Só que esta pequena ação, uma simples conversação com um amigo, pode salvar uma vida.

Recentemente eu perdi um amigo. Eu já perdi amigos para as drogas, para uma mulher, por ele estar no lugar errado e na hora errada, por eu ser um chato, por eu ser um bêbado, por ele ser um pinguço, ... mas este aí, em especial, me deixou inquieto.

Eu não estava em uma boa fase de minha existência (novamente), pensando bobagens, brigando em casa, no trabalho, me afastando da família... quando recebi a notícia. Ele havia tirado a própria vida, enforcado, na casa de sua mãe. Ela o havia encontrado pela manhã , quando estava saindo para o trabalho...

Ele estivera depressivo, devido aos seus problemas com as drogas, a separação da esposa e filha e outros, como a falta de amigos por perto. Em meu íntimo, fiquei mal durante muitos dias. Havia encontrado ele em mais de uma oportunidade e o cara tinha me convidado para prepararmos um jantar, para visitá-lo ou qualquer coisa, mas que pelo menos nos reuníssemos, porém em meu dia-a-dia corrido não achava tempo para nada. Ainda mais para ir visitar alguns amigos...

Senti-me literalmente uma merda de amigo por esta atitude. Contatei, durante aqueles dias, outros dois amigos daquele grupo e cobrei deles a minha própria vergonha, na verdade, tentando até mesmo dividir um pouco da culpa e do aprendizado que eu tirei disso. Não que esta atitude tenha me devolvido o sono e a paz de espírito. Mas externar isto, como faço agora, me afrouxou um pouco o nó na garganta.

Este conselho é recorrente também, pois quem me conhece sabe que no Natal de 2004 escrevi algo parecido, sobre como é importante sermos educados com quem encontramos em nosso caminho, e sobre como isso pode influenciar essa vida na qual tocamos... Até dei uma dica de filme na época, Corra Lola, Corra... mas não é este o objetivo de hoje... e sim lembrar que eu mesmo esqueci disto...

Agora, em honra à sua lembrança amigo, posto este pequeno texto aqui. Lembrando que falhei contigo e que traí meus princípios, por ter dentre as minhas regras a de que o que posso fazer por alguém, faço enquanto ele vive. Em meus minutos de silêncio em casa, peço que seja enviada um pouco de luz a você, mesmo agora já sendo um pouco tarde...

Até breve...

Carlão

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Poeta Maldito...

Pra mostrar que a gente não escreve só besteira, resolvi postar algo um pouco mais sério. Claro que quem já me conhece irá dizer: “tava demorando”, mas isso é pra mostrar que também temos conteúdo... rsrsrs.

Além do que, isso faz parte da campanha para apresentar todos os personagens que formam a colagem aí acima.

Com vocês então:


Arthur Rimbaud



Jean-Nicholas Arthur Rimbaud, nascido a 20 de outubro de 1854, na antiga cidade francesa de Charleville é um artista puro ou “um místico em estado selvagem” como se referiam a ele os seus contemporâneos.

Aos quatorze anos, aquela idade que nós, simples mortais, começamos a nos interessar por algo mais que a literatura infanto-juvenil, Rimbaud já impressionava os seus professores com a beleza de seus versos em francês e latim. E essa juventude não impede que a maioria dos estudiosos da poesia considerem-no o maior poeta de todos os tempos.

O fato de sempre se referirem a Rimbaud como um jovem, se deve a um “detalhe” tão espantoso quanto singular: toda a obra desse genial escritor, a quem Victor Hugo se referiu como “Shakespeare menino” foi escrita (pasmem!) dos 14 aos 21 anos. A partir daí ele foi se tornar mercador nos mais inóspitos países africanos, sendo inclusive o primeiro homem branco a pisar em várias regiões daquele continente, largando totalmente a poesia. Essa fuga da literatura, exatamente no momento em que o seu talento começou a ser reconhecido, é dos aspectos mais perturbadores de sua vida. A partir daí, nenhum verso foi escrito, e quando o questionavam se ele era “parente” de um poeta chamado Rimbaud, ele respondia simplesmente: “nunca ouvi falar nessa pessoa”.

No início do ano de 1891, um tumor no joelho direito obrigou-o a voltar para a França a fim de tratar-se. Para isso ele foi carregado em uma padiola desenhada por ele mesmo, por 16 dias, atravessando 300 km de deserto, até o porto de Zeilah. Já na França, sua perna foi amputada, mas o tratamento tardio não conseguiu evitar a evolução da doença, que se generalizou. Então, em 10 de novembro daquele ano, encerrava a aventura de Rimbaud na terra. Tinha 37 anos recém completos.

A seguir, trechos de “Uma Temporada no Inferno”, uma das suas mais importantes obras:

“Outrora, se bem me lembro, minha vida era um festim onde se abriam todos os corações, onde todos os vinhos corriam.
Uma noite, sentei a beleza em meus joelhos. E achei-a amarga. E injuriei-a.
Armei-me contra a justiça.
Fugi. Oh feiticeiras, oh miséria, oh ódio, a vós é que meu tesouro confiei.”


“Isto agora! O relógio da vida acabou de parar. Não estou mais no mundo(...). êxtase, pesadelo, sono em um ninho de chamas.”

“Amei o deserto, os pomares abrasados, as lojas decadentes, as bebidas tépidas. Eu me arrastava por becos fedorentos e, de olhos fechados, me oferecia ao sol, deus de fogo.”

“Vou ser arrebatado como uma criança pra brincar no paraíso, esquecido de todas as desgraças.”

“Eu! Eu que me considerei mago ou anjo, isento de qualquer moral, voltei ao chão, com um dever a cumprir e obrigado a abraçar a dura realidade! Camponês (...)
Enfim, pedirei perdão por ter me alimentado de mentira. E vamos embora.
Nenhuma mão amiga, porém! E onde encontrar o socorro? (...)
Falava a respeito de uma mão amiga? Já é uma grande vantagem que eu possa rir dos velhos amores ilusórios, e fazer com que se envergonhem esses casais mentirosos, - vi o inferno das mulheres, lá embaixo; - e me será permitido possuir a verdade em uma alma e um corpo.”


Videozinho bacana de hoje:
Negócio é o seguinte: estava eu andando pela rua bem belo (tá, forcei agora) e passou um carro rodando o "Filtro Solar" com o Bial a todo volume. Deduzi que deve ter gente que só conhece essa (hummm...) versão. Como to num dia daqules, postando coisas sérias, resolvi apresentar para os que não conhecem a versão original, chamada "Sunscreem" e é beem melhor que a famigerada já citada.

Sunscreem - Legendado

É isso aí. Como vocês devem ter percebido, hoje estava mais sóbria (chamemos assim) a postagem. Tem gente que acha chato, outros gostam, mas nós também conseguimos ser finos e educados, afinal, "gosto é gosto" já dizia a velhinha comendo RANHO!

Um abraço.

Marcelo.



"É melhor cair em contradição do que do oitavo andar."
(Falcão, o pensador oficial do Já Vi Melhores)

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Mais filmes...

Temos na área!!!

Filmes de guerra!!!

Que maravilha o som de um helicóptero ac
ompanhado de rajadas de metralhadoras, muito sangue, explosões...

Mas nem tudo são glórias em alguns filmes. Assim como a invenção de uma vitória americana no Vietnã (que nunca ocorreu), alguns filmes transformam os bandos de viciados que foram mandados para (terem seus miolos estourados) longe de casa em verdadeiros heróis...


Se eles tivessem mandado o Bradock, o Rambo e mais uns dois ou três que pintaram no pedaço, com certeza eles teriam deixado apenas uma cratera, no lugar onde um dia foi o Vietnã.

Bem, lógico que alguns mitos se formam em torno de um combatente ou outro, que por ventura tenha conseguido fazer a dança da vitória com as tripas de um inimigo morto nas mãos... Mas são só contos absurdos de mentes perturbadas
pela grande quantidade de maconha, febre amarela e malária... (mas alguns tiveram diarréia também)

Saiu a indicação para o Oscar e um simplório filme de guerra (na verdade uma comédia) está na lista com o melhor ator coadjuvante.Trovão Tropical!

A sinopse do filme


Tugg Speedman (Ben Stiller), Jeff Portnoy (Jack Black) e Kirk Lazarus (Robert Downey Jr.) são superastros de Hollywood contratados para protagonizar a superprodução Trovão Tropical, sob a direção do cineasta inglês Damien Cockburn (Steve Coogan).



Trata-se da adaptação da autobiografia do veterano 4 Folhas Tayback (Nick Nolte), na qual descreve os horrores pelos quais passou na Guerra do Vietnã.A equipe viaja às locações originais a fim de filmar o drama de guerra, mas os egos dos atores não facilitam muito.


Para tentar controlar sua equipe e levar adiante o projeto financiado pelo estúdio de Les Grossman, o diretor leva seus atores ao meio da floresta para dar um ar de realidade às filmagens. Mas ele nem imagina os perigos reais que a selva vietnamita pode guardar à equipe.


Os comentários leigos de Carlão!


O filme é o máximo! Bem Stiller, Jack Black, Robert Downey Jr. e o grande elenco que compõe esta produção é muito bom!!!


O filme começa nos Traylers (falsos) para apresentar os “atores” já passando para a zona de guerra... que na verdade é o set de filmagens... Após o atraso das filmagens (e até a explosão que consumiu parte floresta, com as câmeras desligadas), nossos amigos acabam no meio da floresta, onde irão se envolver nas mais incríveis aventuras, além de aprender a dar vazão aos seus sentimentos... e tudo o mais...


Vale a pena conferir, junto dos extras... Achei alguma coisa no amansa louco (youtube) mas não tinha legendado e nem dublado, então deixa quieto!


O filme é fantástico, a história, fotografia... tudo excelente! E por favor, confiram os extras... Quem gosta de cinema em casa, não deve perder esta oportunidade...


Por hoje é só pessoal!!!


Abração do Carlão!


segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

O movimento lacrimoso...

Buenas!!!

Eu já me perguntei e com certeza você também já deve ter se perguntado: De onde surgiu a moda EMO?

Deixando de lado o preconceito (que tenho), as musiquinhas enfadonhas e pegajosas, toda a conotação místico-filosófica-homosexual intrínseca ao estilo EMO (basta questionar se o leitor já atentou ao fato de que EMO é OME ao contrário e homem ao contrário é vi..., bib..., bicho...) não sobra muita coisa que possa atrair a atenção deste seu amigo aqui para qualquer banda que divulgue este estilo. E também não faço questão de procurar atrativos...

Prova de que EMICE é doença... A Vaca EMO...

Mas a questão não é esta. De onde surgiu este estilo? Quem iniciou o movimento? Como se iniciou? Porque fazer isto?

Nossos problemas estão só começando!!! Brincadeira! O pessoal da Desciclopédia® já deu um jeito de estudar a antropologia do movimento... e entender (ou não) todas as suas facetas...

A Desciclopédia, para quem ainda não conheceu, é um trabalho (nada) sério, satirizando a tão popular Wikipédia e eles são autorizados para isto!!!

Então, aí vai uma palhinha do texto que pode ser conferido na íntegra no site. O link estará disponibilizado no final da postagem.

"ETIMOLOGIA

Emo é a sigla de "emotional Hardcore". Ou sigla de Eu Masturbo Outros, ou ainda de Eu Melo Ovo. Emo também é ome ao contrário. Logo, emo é o contrário de ome. Segundo muitos especialista a palavra emo deveria se escrever hemo, por ser uma abreviaçao de...

Típica atitude EMO

INÍCIO DO EMOCORE HITLERISTA

Alemanha, 1941. Filho de pai gótico e mãe miguxa, Adolfinho, cansado de sofrer nas mãos do valentão da escola (um tal de Stalin), resolve se revoltar contra "tudo isso que está aí". Após aprender com seu pai sobre o primeiro livro emo da História, compra um All-Star, um par de óculos de acetato e uns CDs do My Chemical Romance com o intuito de dar vazão aos seus sentimentos. Então, só pra deixar de ser babaca, apanha ainda mais. Pra piorar tudo, sua namorada, Mussolini, termina com ele. Desolado, em 1º de maio de 1945, resolve fazer a coisa mais emo que existe..."

Eles já possuem seus próprios banheiros...

Está gostando? Vá até a Desciclopédia e leia todo o artigo. E não deixe de dar atenção à Guerra da Cereja. Clique aqui para ver toda esta irreverente matéria!!!

Hoje não teremos dicas de filmes, músicas ou links para youtube... Vão ler a matéria da Desciclopédia que vai ser muito divertido!!!

Até breve!

Carlão

Crédito das Imagens EMO: Desciclopédia, matéria EMO...

PS - A garrafa de saquê a gente já bebeu...