sexta-feira, 31 de julho de 2009

TED KAPUT TONIGHT

O programa mais trash da TV está de volta.
Todo domingo 23:30 no cana 55 uhf ou 11 da NETsul (TVUrbana/RedeBrasil).

E eu estou na produção do programa. Imagina a baixaria!
Zé Leandro

vejao meiquinhofe do programa!

Por onde anda Zé Leandro?

O sujeito anda sumido!

Dizem as más-linguas que ele tem sido visto nas imediações da rádio Equipe FM nas terças a noite. Outros ainda dizem q ele esta participando da produção do trash-late-show Ted Kaput Tonight que estréia nesse domingo na TVU (canal 55 uhf e 11 da netsul). Se alguém tiver notícias do paradeiro deste membro do grupo javimelhores, comunique o disque-denuncia. Se ele aparecer perto de sua casa chame a carroçinha!

Pacheco

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Flagras fotográficos.

Sim, agora temos novidade.

Aparelhados com uma maravilha tecnológica (uma máquina fotográfica, com filme e flash embutido, semiautomática, que custou R$49,90)), entramos no maravilhoso mundo dos paparazzi.



O Já Vi Melhores agora também é jornalismo investigativo!



Brasília - Aborrecidos com as denúncias que pipocam dia-a-dia, os senadores se queixaram dizendo-se injustiçados. Um deles, que pediu pra não se identificar, disse que pra ser um político de sucesso "é necessário, vez ou outra, engolir alguns sapos...", o que acabou comprovando através de radiografias.



Ditadura - Graças a Deus parece que isso ficou definitivamente enterrado no nosso passado. Mas a realidade de algumas nações ainda não superou esse sistema retrógrado. Na foto vemos a que ponto chega a repressão em um notório país centroamericano, onde cidadãos não têm o direito nem ao menos de jogarem uma peladinha de fim de semana.





Celebridades - O inverno tem sido rigoroso aqui no sul, mas no nosso nordeste temos praia o ano todo. Felizmente pra essa cantora (filha de um ex-ministro) clicada em sua recente passagem por Pernambuco.


Denúncia - É hora de pararmos de fechar os olhos pra certos absurdos que se perpetuam na nossa sociedade. Até quando nossas crianças serão privadas da sua infância??? Diga não ao trabalho infantil!


Whose Line Is It Anyway?

Atualmente os espetáculos de improviso estão bem populares no Brasil, basta ver grupos como Os Barbixas (que agora acompanham o Marcos Mion no Quinta Categoria), O pessoal do Z. É. e os Dez Necessários.
Mas quero apresentar, para quem ainda não conhece, a fonte de inspiração deles:









P-Por hoje é s-só p-p-pesso-so-al


Marcelo Pacheco

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Desinformação!

Buenas!!!

Cá estou eu, o descumpridor de promessas medíocre... Havia prometido não sumir mais, porém, algumas edições de sandman vieram parar na minha mão e ferrou, fiquei dias e mais dias lendo e babando nas páginas da melhor HQ já produzida no planeta...

Bem, como gosto de manter-me informado sobre o que ocorre no Mundão velho, dei uma passada por alguns sites e fiquei chocado com a inteligência dos comentários na matéria, além da data em que o fenômeno citado ocorreu.

Leiam e tirem suas próprias conclusões da tempestade de areia que deu uma volta e meia no Mundo em 13 dias...



Fiquei extremamente entusiasmado ao poder visualizar uma gota de chuva explodindo no ar. Nossa, não sei com o vivi até hoje sem saber o que acontecia coma minúscula gotinha de chuva do caramba que vai cair e espatifar-se, molhando tudo...

Não acho abuso, nem nada, mas tenham dó de mim. Divulgar uma pesquisa sobre uma tempestade que cruzou os céus em 2007 e não saber nada sobre ela, na verdade eu ficaria quieto, para não falar bobagens...

O que me enriquece a vida saber a forma e em quantas partes se rompeu uma gota de chuva?

E alguém pagou estas pesquisas, certamente pagou...



Mas vamos parar de pensar um pouco e rir da desgraça alheia...





Agora posso descansar um pouco...

Até breve!!

Carlão!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Curso Rápido de Redação

Escrever não é fácil, basta verem minhas ridículas tentativas de fazer isso aqui no blog. Mas não é por isso que iremos esmorecer. Portanto, pra ajudar aqueles teimosos que, assim como eu, se recusam a aceitar a idéia de ficar longe das letras, publicarei uma série de dicas valiosíssimas para quem se aventurar pela arte de Camões (evitar frases pretensiosas como essa anterior pode ser considerado como um bom início).



DICAS PARA UMA BOA REDAÇÃO

1. Vc. deve evitar abrev., etc.

2. Desnecessário faz-se empregar estilo de escrita demasiadamente rebuscado, segundo deve ser do conhecimento inexorável dos copidesques. Tal prática advém de esmero excessivo que beira o exibicionismo narcisístico.

3. Anule aliterações altamente abusivas.

4. "não esqueça das maiúsculas", como já dizia dona loreta, minha professora lá no colégio alexandre de gusmão, no ipiranga.

5. Evite lugares-comuns assim como o diabo foge da cruz.

6. O uso de parênteses (mesmo quando for relevante) é desnecessário.

7. Estrangeirismos estão out; palavras de origem portuguesa estão in.

8. Chute o balde no emprego de gíria, mesmo que sejam maneiras, tá ligado?

9. Palavras de baixo calão podem transformar seu texto numa merda.

10. Nunca generalize: generalizar, em todas as situações, sempre é um erro.

11. Evite repetir a mesma palavra, pois essa palavra vai ficar uma palavra repetitiva. A repetição da palavra vai fazer com que a palavra repetida desqualifique o texto onde a palavra se encontra repetida.

12. Não abuse das citações. Como costuma dizer meu amigo: "Quem cita os outros não tem idéias próprias".

13. Frases incompletas podem causar

14. Não seja redundante, não é preciso dizer a mesma coisa de formas diferentes; isto é, basta mencionar cada argumento uma só vez. Em outras palavras, não fique repetindo a mesma idéia.
15. Seja mais ou menos específico.

16. Frases com apenas uma palavra? Jamais!

17. A voz passiva deve ser evitada.

18. Use a pontuação corretamente o ponto e a virgula especialmente será que ninguém sabe mais usar o sinal de interrogação

19. Quem precisa de perguntas retóricas?

20. Conforme recomenda a A.G.O.P.R. nunca use siglas desconhecidas.

21. Exagerar é cem bilhões de vezes pior do que a moderação.

22. Evite mesóclises. Repita comigo: "mesóclises: evitá-las-ei!"

23. Analogias na escrita são tão úteis quanto chifres numa galinha.

24. Não abuse das exclamações! Nunca! Seu texto fica horrível!

25. Evite frases exageradamente longas, pois estas dificultam a compreensão da idéia contida nelas, e, concomitantemente, por conterem mais de uma idéia central, o que nem sempre torna o seu conteúdo acessível, forçando, desta forma, o pobre leitor a separá-la em seus componentes diversos, de forma a torná-las compreensíveis, o que não deveria ser, afinal de contas, parte do processo da leitura, hábito que devemos estimular através do uso de frases mais curtas.

26. Cuidado com a hortografia, para não estrupar a língüa portuguêza.

27. Seja incisivo e coerente, ou não.


COMUNICADO IMPORTANTE
Se vocês entraram aqui ontem, esperando mensagens referentes ao dia do amigo, esclareço que não foi colocada ontem de propósito. Isso serve para lembrar a todos que amizade tem que ser cultivada a cada dia.
No mais, quem procurou mensagenzinhas melosas, delicadas e edificantes aqui, decididamente estava no blog errado.



Amigo de verdade não é aquele que te tira da briga.

Amigo de verdade é aquele que já chega dando voadora.

Marcelo Pacheco

domingo, 12 de julho de 2009

Besteiras e um pai furioso!!!

Buenas!

Hoje não chove, mas faz um pouco de frio...

Busquei mais algumas notícias para publicar no blog e fiquei frustrado, pois só achei a samambaia sendo banhada por outra torta de boa, uma esplicação desinformada sobre Honduras e mais uma pá de bobagens...



Em meio a tanta mediocridade, enconterei o Antares DLR-H2, um avião alemão, movido a pilha. É mole ou bota molho?

O meu sem cebolas, por favor!



O meu sonho de consumo está distante, uns 26 Km, para ser mais exato...

Enquanto isto, me divirto curtindo uma musiquinha, sem maiores problemas com vizinhos...

A partir de agora, este post é dedicado ao paizão!!! (O meu, é claro!!!)



Fiquei puto ontem, quando tentaram assaltar meu pai e minha mãe. Meu velho, com seus cabelos grisalhos e grande bigode amarelado do cigarro, no auge de seus 61 anos, andava com minha mamãezinha, quase grisalha e com 58 anos, por uma rua de Canoas, quando o sujeito os abordou, encostando uma faca em minha mãe.

Pediu as alianças e o casaco que minha velha vestia, prometendo não lhes causar mal algum. Nisto, meu pai, que não é nem um pouco bobo, trocou uma sacola de aipim de mão e disse que já estava dando a aliança...

Dando a aliança o cacete, o cara comeu aipim cru e com sacola e tudo! Meu velho, possuído pelo desejo de vingança tocou a sacola no pé do ouvido do vagabundo e, antes que este voltasse do sinal de ocupado, o velho já caiu matando na porrada!

O cidadão caiu, mas meu pai não se conteve e tascou um belo chute no traseiro do infeliz!

Disso virou bagunça, minha mãe começou a gritar por policia e o sujeito saiu correndo de quatro patas, incentivado por mais uns chutes no rabo que o meu velho tascou nele!

Para quem não sabe, meu pai, meu heroi, trabalhou como segurança e vigilante durante muitos anos. Quando novo, era conhecido internacionalmente em Esteio, por ser um dos maiores brigões do centro da cidade. Se não bastasse tudo isso, ontem pela manhã, ele estava sem cigarros, o que o deixou num tremendo mal-humor.

De certa forma, estou até com pena do infeliz que cruzou o caminho de meu velho, com certeza estou... A mãe ainda está toda cagada em casa com o que aconteceu, mas enche os olhos de água ao falar para todos o que seu maridão fez!!!



E eu hoje estou me sentindo vingado! Ponto para os cidadões de bem!

Até breve!

Carlão!!!
(O filho do seu José Carlos "Big Punch" Bueno)

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Três Titãs e um bicho que anda pra trás...

Buenas!

Chove pra caramba aqui no sul... Pelo menos não faz frio...



Agora eu não quero mais saber do Juicer, quero NET Combo em Sapucaia do Sul... O monopólio da Telecrom (erro proposital para evitar processos) por aqui está soda (erro proposital para evitar o uso do F no inicio da palavra e o constragimento do público), minha banda curta cai toda hora, é lenta, o preço não tá legal e ainda meu telefone não toca...

Ufa! desabafei com vocês...

Agora, o que fazer num dia chuvoso?

Trabalhar é uma opção! Mas cuidado com a gripe do javali.

Pipoca, filminho no sofá com uma boa companhia é outra opção! Mas cuidado com o filho na hora errada.



Continuo sem entender o bicho-homem. Quando não temos trabalho reclamamos do desemprego, se estamos trabalhando o trabalho é ruim. Se eu tenho um celular X, alguém o vê e quer comprar um Y porque este é melhor que o meu. Enfim, estamos sempre insatisfeitos com alguma coisa.

No teu livro de auto ajuda vai ter um consolo de que somente com nossa ambição e insatisfação humana é que somos capazes de obter o progresso (e a mulher também me diz isto). É lamentável que a ambição seja permutada pela ganância, o que faz o meu progresso ser maior que o teu, pois eu te tiro ele... e assim por diante...

Doações de mais valia à parte, eu queria mesmo é ser astronauta...

Meu psiquiatra que me perdoe, mas não é insegurança, não é depressão, o problema é a cretinice coletiva, que nos leva ao consumismo imposto pela mídia, que nos transporta até o mundo do Ter para Ser e não o do contrário. E nem você nem eu fazemos nada para mudar, estamos numa zona de conforto... remediado, mas estamos.

A dúvida persiste: será que sepultaram Michael mesmo? Ainda estou de saco cheio...



Até breve!!!

Carlão!!!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Funk Como Le Gusta

Negócio é o seguinte: quais as coisas mais irritantes atualmente no nosso Brasil, sil, sil??
No momento o que me vem à cabeça é o funk e a farra no senado. Por isso resolvi entrar nessa onda e tentar tirar dinheiro, pois tenho tudo pra ser um ótimo funqueiro. Afinal, não entendo bosta nenhuma de música e escrevo pior ainda. Requisitos esses indispensáveis para ser um MC de sucesso.

Com vocês então as 3 primeiras músicas de trabalho do MC Ribamar:

(me desculpem quanto ao rítmo e a métrica. Não deu tempo pra revisar tudo e alguns versos sairam coerentes, mas prometo melhorar. As letras devem ser cantadas no ritmo de qualquer funk que queiram, pois é tudo a mesma coisa)


FUNK SECRETO
Vem cachorra gostosinha
Vem descendo até o chão
vou te levar pra casa
E te atolar no meu colchão

Namorada eu já tenho
Vou te dar um papo reto
Só te quero essa noite
Nosso ato é secreto.

Éto é éto
Nosso ato é secreto

Vai Ribamar, vai Ribamar.


FUNK DO AMAPÁ
Você já me conhece
Meu bigode você já viu
Ele foi o maior símbolo
Do poder no Brasil

Já estive no maior cargo
Que existe na nação
Com o meu trabalho
Explodiu a inflação

Agora cachorra, vem
Vem comigo, vem pra cá
O Maranhão eu já tenho
Agora eu quero o Amapá

Ah, ah ah
Agora eu quero o Amapá.

Vai Ribamar, vai Ribamar.


FUNK ECOLÓGICO
Vai cachorra popozuda
Vou explorar a tua mata
Se eu te pegar de jeito
te deixo de quatro pata

Uns hectares eu derrubo
Pra poder criar meu gado
Sei que isso é proibido
Mas tenho amigos no senado.

Ado aado
Tenho amigos no senado

Vai Ribamar, vai Ribamar


(Qualquer semelhança com fatos reais é mera coincidência)


Uma das diretrizes do blog (se é que temos isso) é não falarmos de futebol para não gerarmos discussões. Mas como na semana que passou, nossos times fizeram praticamente o mesmo fiasco, achei a oportunidade boa demais pra passar:





E a música de hoje é...

Já que foi citado no título, não quero desfazer de uma banda tão interessante. O Funk Como Le Gusta é uma banda nacional e muito boa. Vale a pena conhecer:





Marcelo Pacheco



"Pra quem ta se afogando, jacaré é tronco."

[autor desconhecido - por mim ao menos]


Essa frase não tem significado nenhum. Na verdade você nem precisaria estar lendo isso. A postagem acabou ali acima.

Mais um dia...

Buenas!!!

A N1H1 passou por aqui... Estamos esperando a cura definitiva, à base de paracetamol, mel e outros bichos...

Mas nem tudo são flores, nem tudo são festins e quase nada é concreto na vida e obra de um sonhador...

Pensei em escrever hoje sobre alguma coisa interessante, mas novamente me faltam ideias de coisas interessantes para serem ditas...

No Rio, além de favelas, traficantes e alguns amigos que fiz pela internet, conheci o trabalho do Matanza, uma banda muito louca que teve seu estilo batizado como Country Core e os rapazes aderiram a ideia deste nome.



As músicas falam, em resumo, sobre bebidas, mulheres e porrada! O que não faz a banda perder o bom humor e refleti-lo nas letras.

Descobri o Matanza por acaso, devido a insistência de um colega de trabalho que me apresentou também as Velhas Virgens, banda que já conhecia, mas a preguiça não me deixava baixar um disco da net...



E assim eu continuo evoluindo e elucidando-me de minha ignorância musical, com uma pitada de Chico e de Caetano, uma de Roberto Carlos, duas medidas de Legião Urbana, temperado com Raul Seixas à gosto e mais um punhado de outros bichos.



Estive ausente eu sei... mas prometo que tentarei não sumir mais, nas próximas semanas...

Até breve!

Carlão!

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Que País É Este?

Uma pergunta que sempre fazemos para os convidados do Pop Stars (toda terça-feira, a partir das 20:00h no www.radioequipe.com.br , olha o jabá!) é a seguinte: que banda ou artista surgidos de 1990 pra cá, ainda será relevante daqui a 20 anos?

As respostas, geralmente demoram, pois é difícil imaginar algo tão relevante que tenha surgido nos últimos tempos. A minha aposta é no Radiohead, o João apostou no Nightwish (embora já tenha meio que jogado a toalha) e outras não me lembro.

Um dos motivos que vejo pra isso é que essas décadas são décadas sem identidade. No caso dos anos 90, ainda teve o Grunge, que marcou a época, mas e os anos 2000? O que tem surgido é apenas bandas revisitando décadas anteriores, vide Strokes, White Stripes, Franz Ferdinand e quetais...

Se formos pensar em música nacional, ainda é pior. A grande maioria é de bandinhas emo (alguém aí já percebeu que emo é ome ao contrário?). E pensar que já tivemos Mutantes, Secos e Molhados, etc.

Fora a música, as bandas não têm mais atitude também. Tudo é sempre muito igual. O discurso (ou falta de) é sempre o mesmo.

Então, resolvi postar algumas coisas dos anos 80, tão duramente criticados, pra mostrar o quanto hoje em dia estamos órfãos de ídolos:


Um pouco de atitude não faz mal pra ninguém:
(Sim, o Faustão já teve um programa decente)






























That's All, Folks!


Marcelo Pacheco