quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Eleições 2 turno

Buenas!

Não pude deixar de refletir sobre o post do meu maninho Ezequiel... Em quem votar? Por que votar?

Será que a Ieda ainda está babando por eu ter mostrado o "dedo feio" pra ela? (O Cleitinho é testemunha, para quem não quiser acreditar!) Foi na eleição passada...


Bem, não dá para deixar de refletir sobre o rumo que o país vai tomar, principalmente porque agora está na moda a cadidatura de uma ou outra criatura, dita assim, "celebridade"... Só não sei onde amarrei meu burrico...


Algumas bizarrices foram de brinde...

Certo está o Adnet, neste eu voto...


Eu sei, também não tenho candidato...

Só sei que você não fará nada, eu farei menos e continuaremos sentados no bar bebendo uma gelada e reclamando de Brasília, do Prefeito e da seleção que não ganhou a bendita copa...

 

Então vou indo antes que me complique...
Até breve!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Mais um no Mundo!!!!

Buenas!

Por estes dias me dei conta de algo verdadeiramente impressionante! Sério, é uma coisa totalmente impressionante mesmo, daquelas que te deixam com aquela cara de: Bah! Que coisa impressionante!!!

Eu, logo eu, de todos os caras aqui do blog (tirando talvez o Marcelo, o Cleiton e o Zé Leandro) vou ser pai pela primeira vez!!! (Favor não estragar este momento com comentários irrefletidos e ácidos.)

Bem, o fato que impressiona não é esse ainda, (se você quer logo saber, vá para o próximo paragrafo e perca a introdução) mas sim de que estava eu, notebook na mão, barriga na outra e tocando uma sinfonia do Beethoven para o moleque ouvir e esperando os pulinhos, chutes e protestos que normalmente acompanham esta história toda.

Agora eu chego na parte do fato impressionante.Minutos mais tarde, estava eu nos You(tele)tubies da vida e minha esposa chamou a atenção para o fato de que Little Richard também provocava o saracoteio do moleque.

Chuck Berry, Jerry Lee Lewis, Falcão, Rogério Skylab e até alguns cantores nativistas...

Resta aquele "será?", pois estava ele curtindo a música ou protestando, de saco cheio daquela coisa toda? Como o pai sou eu (vou registrar, cuidar e chamar de filho, não perturbem), digo que ele estava curtindo o som, que me deixa feliz e muitíssimo satisfeito!

***

É fato conhecido por quase todos que meu gosto musical não é digno de uma discussão. Talvez porque eu tenha a cisma de querer ter nascido lá pelo final da década de 30 ou 40, para pegar e curtir todo fervo que rolou... Mas pode ser que eu penas tenha alguma dificuldade em garimpar o novo, tão igual, tão padrão chorão aos meus olhos...

Isto foi um ensaio de opinião minha, não refletindo, necessariamente (e absolutamente não) a opinião do resto dos desocupados do Já Vi Melhores.



Então, era isso por hoje!

Verdade, não tem mais nada!

Abraços!